Quanto custa um funcionário para a sua empresa?

Quem tem uma pequena empresa ou mesmo é profissional liberal, mas que pensa em expandir e aumentar a equipe, certamente já se perguntou quanto custa um funcionário na prática. 

Sendo assim, se quer saber melhor quanto custa um funcionário para a sua empresa e, principalmente, como se planejar para isso, não deixe de conferir a leitura até o final.

Podemos começar?

Afinal, quanto custa um funcionário?

Para saber, de fato, quanto custa um funcionário para uma empresa, o contratante precisa levar em consideração diferentes fatores inerentes a essa contratação, desde aqueles pagos diretamente ao contribuidor, assim como as obrigações indiretas.

Em outras palavras, além do salário e os benefícios acordados com o funcionário, sua empresa também precisa arcar com encargos, impostos, direitos e taxas exigidas por lei para aquele colaborador.

E isso pode ter variáveis específicas conforme a categoria e enquadramento legal de cada negócio.

Além disso, hoje, a legislação flexibiliza que as empresas contratem funcionários por diferentes modalidades, tais como a CLT e a PJ.

Quais as diferenças entre contratar via CLT ou PJ?

Para entender melhor quais as diferenças na contratação de um funcionário CLT ou PJ para a sua empresa, podemos começar pelo conceito básico de cada uma dessas modalidades.

A CLT é a sigla para a Consolidação de Leis do Trabalho e se define como um regime que estabelece as relações entre empregador e funcionário, englobando uma série de obrigações e direitos a serem seguidos por ambas as partes. Em outras palavras, é o funcionário com carteira assinada e vínculo direto com a empresa.

Já no regime PJ (Pessoa Jurídica), o “funcionário” trabalha por conta própria e tem uma empresa em seu nome que presta serviços a terceiros. Logo, não há um vínculo direto entre as partes, funcionando apenas como uma relação entre duas empresas ou dois profissionais liberais. É o caso da contratação de autônomos, freelancers, MEIs etc.

Mas o que custa menos: contratação CLT ou PJ?

Mesmo entendendo basicamente qual a diferença da contração CLT e PJ, certamente a dúvida inicial ainda persiste, certo? Afinal, quanto custa um funcionário para a empresa, sendo ele CLT ou PJ?

E a resposta é única: depende! Isso porque cada caso é um caso e cabe a você, gestor, definir quais as suas necessidades e estratégias na hora de aumentar a sua equipe.

Por exemplo, no regime CLT, apesar de haver mais obrigações para a empresa, em geral, os custos fixos como salários e benefícios pagos ao contratado são mais previsíveis e com custos mais baixos do que no regime PJ.

Por outro lado, a contratação PJ, mesmo que mais cara em valores gerais, é considerada mais flexível e dinâmica entre as partes.

Logo, não há uma “receita pronta” para qual tipo de contratação terá menos custos e é preciso levar uma série de outros fatores em consideração nesse planejamento, tais como: demanda de trabalho, especialidade, disponibilidade, desempenho, comparação de valor-hora, entre outros.

Quais os encargos inerentes à contratação de um funcionário?

Para saber quanto custa um funcionário na prática, levando em consideração os fatores e variações possíveis que destacamos nos tópicos acima, podemos considerar os seguintes encargos.

Confira!

  • Vale transporte  – na contratação CLT, o custo com transporte é uma obrigatoriedade a ser paga ao contratado, seja por meio de vales, seja por meio de complemento salarial. No caso do PJ, esse valor pode ou não ser negociado entre as partes;
  • Vale refeição – diferentemente do vale-transporte, os custos com alimentação não são uma obrigatoriedade da empresa, podendo assim ser negociada entre as partes;
  • Encargos sociais – os impostos e taxas governamentais também são consideradas custos na contratação de um funcionário, independentemente do modelo escolhido. O que muda são os tipos de encargos (como INSS, FGTS, ISS etc.) e forma de recolhimento das partes;
  • Férias e 13º Salário:  o contratado terá direito anualmente ao gozo de um período de férias, sem prejuízo da remuneração, computando-se este período inclusive como tempo de serviço, além de 13º salário que deve ser pago proporcional ao tempo de serviço do empregado na empresa.
  • Outros benefícios – uma série de outros benefícios podem complementar os custos da contratação de um funcionário, tais como planos de saúde, alimentação, viagens etc. 

CALCULE AQUI QUANTO CUSTO UM FUNCIONÁRIO

Como um BPO Contábil pode ajudar na otimização dos custos de funcionários?

Vistas todas as variáveis possíveis nos custos de um funcionário para a sua empresa, tanto o modelo de contratação, como o controle desses gastos, precisa seguir um planejamento e organização estratégica da gestão.

E hoje, o BPO Contábil é a solução mais viável e inteligente para empreendedores que pretendem expandir seus negócios e equipes com mais segurança e sustentabilidade.

Na prática, essa “terceirização da contabilidade” permite que especialistas assumam todas as tarefas e atividades de seu setor financeiro e, ao mesmo tempo, passem orientações e direcionamentos mais estratégicos em suas tomadas de decisão.

Além disso, o custo-benefício de um BPO Contábil é muito mais vantajoso do que a contratação de um escritório de contabilidade tradicional, o que torna a solução aplicável para PMEs e para profissionais liberais.

Em resumo, essas são algumas dicas essenciais para entender e saber quanto custa um funcionário dentro de uma empresa, vistas todas as possibilidades e regimes existentes. Além disso, como bem destacamos, hoje há soluções viáveis e modernas de serviços que realizam a gestão completa de seu financeiro, desde o planejamento, até os controles diários de seus custos.

E se você quer saber como implementar tudo isso na prática em sua empresa, não deixe de consultar um de nossos especialistas e conheça todos os diferenciais do BPO Contábil da Fiscotec.    

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site. Saiba mais em Políticas e Privacidade

IRPF 2024

Agende com quem é especialista à mais de 30 anos, faça seu IRPF e tenha acompanhamento o ano inteiro